Sábado, 25 de Maio de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather
Sábado, 25 de Maio de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather

Política Sexta-feira, 10 de Novembro de 2023, 19:04 - A | A

Sexta-feira, 10 de Novembro de 2023, 19h:04 - A | A

OPERAÇÃO DA PF

Governador diz que pedido de prisão de seu filho foi arbitrário

Para Mendes, a ação policial é, na verdade, “uma grande armação” dos seus adversários políticos e parte da imprensa.

Da Redação

O governador Mauro Mendes (União) se manifestou nesta sexta-feira (10) sobre a Operação Hermes II, da Polícia Federal (PF), que resultou no pedido de prisão de seu filho, o empresário Luis Antônio Mendes. A PF investiga um grupo que estaria usando ilegalmente mercúrio em garimpos na Região Amazônica. Investigadas na operação, as empresas Kin Mineradora Ltda e Mineração Aricá Ltda tem Luis como sócio. 

Para Mendes, o delegado pediu a prisão do seu filho de forma arbitrária. O pedido foi negado pela Justiça. "Quando o nome de Luis foi citado pela imprensa como investigado, o delegado responsável chegou a assinar um documento dizendo que ele não era", declarou. Conforme o governador, Luis é apenas um dos sócios de uma pessoa jurídica, que é acionista minoritária com 25% das mineradoras e, portanto, não tem nenhuma responsabilidade sobre a gestão e atos das empresas.

“As empresas investigadas, por supostamente comprar mercúrio de forma irregular, possuem administradores, que respondem legalmente pela gestão e seus atos. Estranhamente o delegado pede a prisão do meu filho – sem fundamentação e de forma arbitrária – que é apenas um entre vários outros sócios indiretos. Porque não pediu de todos os administradores e sócios? Porque escolheu o FILHO DO GOVERNADOR????”, indagou Mendes.

Troca de acusações

Para Mendes, a ação policial é, na verdade, “uma grande armação” dos seus adversários políticos e parte da imprensa. "Há muito tempo os meus adversários políticos – alguns deles com uma ficha extensa de acusação de prática de crimes – aliados a uma pequena parte da imprensa que teve interesses contrariados, tentam atingir a mim de forma pessoal ou empresarial, bem como atingir minha esposa, meu filho e a minha família”, disse.

*Com informações Midia News

 

Entre no grupo do Alô Chapada no WhatsApp e receba notícias em tempo real 

Volte para capa do Alô Chapada

Comente esta notícia