Sexta-feira, 21 de Junho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather
Sexta-feira, 21 de Junho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather

Opinião Terça-feira, 15 de Agosto de 2023, 08:29 - A | A

Terça-feira, 15 de Agosto de 2023, 08h:29 - A | A

Francisney Liberato

Depois todos foram para casa

Mas Jesus foi para o monte das Oliveiras. João 8:1

Francisney Liberato

Quantas e quantas vezes, ao final do dia, estamos voltando para casa, cansados, desgastados e sem energia, uma vez que o dia foi longo e cansativo?! Ouso dizer que muitas vezes, por isso, é necessário recarregar as baterias.

Em uma vida comum, para recarregar as energias, nós nos alimentaremos e procuraremos ter um boa noite de descanso. É provável que no outro dia nós tenhamos uma nova vida, pois tivemos um repouso revitalizante.

Jesus Cristo estava enfrentando uma batalha tremenda, uma vez que os líderes religiosos da época tentaram, de todas as formas, julgá-lo e condená-lo.

Aqueles homens, que tinham a missão de dar o exemplo e reconhecer o Salvador, estavam cegos, enfurecidos, desprezando completamente o Messias, zombando da sua origem.

Jesus estava sendo perseguido pelos acusadores e julgadores, mas que no fundo eram indivíduos que queriam apenas ditar as suas próprias leis sob o pretexto de estar obedecendo às Palavras Sagradas.

O Mestre circulava livremente pelo pátio do templo, mas os acusadores estavam 24 horas tentando encontrar alguma situação para condená-lo.

Os sacerdotes desejavam julgar e condenar o Messias, sem o contraditório e a ampla defesa e com a ausência de um processo justo e imparcial. Ao mesmo tempo, eles sabiam que não poderiam fazer isso, uma vez que Jesus tinha muitos seguidores que o apoiavam.

Diante de todo esse cenário caótico, cansativo, desgastante, estressante, do burburinho que estava na cidade, Jesus saiu da agitação e subiu para o Monte das Oliveiras.

Ele subiu ao monte porque precisava recarregar as suas energias e as suas forças, pois estava consciente das dificuldades que encontraria no ministério da sua vida. Jesus manteve comunhão e encontrou-se com o Deus Pai.

Jesus ensina a cada um de nós que quando estivermos em um ambiente desordenado e confuso é preferível que saiamos, subamos e encontremos um lugar de descanso para ter comunhão com Deus. Se até o Mestre teve de manter comunhão com o Pai, imagine nós como seres humanos comuns?

Pela manhã, já com as forças restabelecidas, o Mestre foi ao templo para ensinar o povo a continuar a sua missão. Nós também, pela manhã, com as energias recarregadas, devemos continuar com os nossos objetivos, propósitos e sonhos.

Já que você sabe onde poderá recarregar as suas forças, não hesite em renová-las diariamente.

Francisney Liberato é Auditor do Tribunal de Contas. Escritor, Palestrante, Professor, Coach e Mentor. Mestre em Educação pela University of Florida. Doutor em Filosofia Universal Ph.I. Honoris Causa. Bacharel em Administração, Bacharel em Ciências Contábeis (CRC-MT) e Bacharel em Direito (OAB-MT). Vice-presidente da Associação Brasileira dos Profissionais da Contabilidade – ABRAPCON. Membro da Academia Mundial de Letras. Autor dos Livros: “Mude sua vida em 50 dias”, “Como falar em público com eficiência”, “A arte de ser feliz”, “Singularidade”, “Autocontrole”, “Fenomenal”, “Reinvente sua vida” e “Como passar em concursos – Vol. 1 e 2”, “Como falar em público com excelência”, “Legado”, “Liderança”, “Ansiedade”, “Mude sua vida em 50 dias Premium”, “Inteligência Emocional”, “Manual do Concurseiro”, “Sabedoria” e “Discípulos”.

 

O Alô Chapada não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço, que é de livre manifestação

Entre no grupo do Alô Chapada no WhatsApp e receba notícias em tempo real 

Volte para capa do Alô Chapada

Comente esta notícia