Sexta-feira, 21 de Junho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather
Sexta-feira, 21 de Junho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather

Geral Quinta-feira, 17 de Agosto de 2023, 09:19 - A | A

Quinta-feira, 17 de Agosto de 2023, 09h:19 - A | A

MODERNIZAÇÃO

Hospital Adauto Botelho já tem 40% das obras executadas

Unidade de saúde receberá um investimento total de R$ 29 milhões em obras

Da Redação

As obras de reforma e ampliação do Hospital Adauto Botelho, em Cuiabá, já estão 40% concluídas. A unidade será reconstruída e ampliada em 3,5 mil m² e receberá um investimento total de R$ 29 milhões. O hospital deve ser finalizado e entregue à população em 2024.

“Entendemos a necessidade de um tratamento em saúde mental adequado em um espaço moderno e amplo. Por isso, o Governo do Estado está empenhado e vai oferecer uma melhor estrutura hospitalar aos profissionais e pacientes do Hospital Adauto Botelho, que oferta um serviço imprescindível à população mato-grossense”, afirmou o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Conforme a secretária Adjunta de Obras e Tecnologia da Informação da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Mayara Galvão, no local, já foram finalizadas a construção de pronto atendimento e das enfermarias, reforma da parte administrativa, construção da estação de tratamento de esgoto e toda rede de esgoto, além da construção da guarita, do pátio de convivência dos pacientes e da cabine primária de distribuição de energia para todo complexo.

SES-MT

Adauto botelho

 


Na próxima etapa da obra, será realizada a drenagem e pavimentação do estacionamento e a construção da ala masculina do hospital. “As equipes trabalham para entregar o mais breve possível a unidade aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Nosso esforço é para que este seja um hospital com uma das melhores estruturas em saúde mental do Estado”, disse Mayara.

O hospital psiquiátrico está localizado no Bairro Coxipó da Ponte, na capital, e contempla 100 leitos que compõem os blocos de emergência e atendimento a pacientes adultos e idosos.

Com a modernização estrutural, a unidade passará a contar com seis consultórios multiprofissionais, salas para terapia ocupacional, salão, barbearia, sala de TV, cozinha terapêutica e quadra para atividades esportivas.

SES-MT

Adauto botelho

 


O Ciaps

O Hospital Adauto Botelho é parte do Centro de Integrado de Assistência Psicossocial (CIAPS) Adauto Botelho, complexo que conta com cinco unidades de referência para o atendimento à saúde mental em Mato Grosso. As cinco unidades são: o Hospital Adauto Botelho; a Unidade Álcool e Outras Drogas; os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) Infantil e o AD (álcool e outras drogas), cujos atendimentos são porta aberta para tratamento, além do Lar Doce Lar, que atua como residência permanente para pessoas em regime de abandono, advindas de abrigos ou orfanatos.

Os pacientes das cinco unidades são acompanhados por uma equipe médica multidisciplinar, como psiquiatra, psicólogo e nutricionista, que trabalham para minimizar o sofrimento psíquico e as violências autoprovocadas.

De acordo com o diretor geral do CIAPS, Paulo Henrique de Almeida, o hospital não recebia um investimento deste porte há 20 anos. “Esse investimento é de suma importância tendo em vista que o CIAPS é referência para o atendimento psiquiátrico em todo o estado de Mato Grosso, exclusivamente pelo SUS. Há mais de 20 anos que se espera por essa reforma que dará melhor qualidade no atendimento ao usuário e ao ambiente de trabalho para os servidores”, avaliou.

A unidade hospitalar oferece a promoção e atenção à saúde mental da população, com internação de curta permanência para pessoas que apresentam transtornos mentais severos. O Hospital Adauto Botelho foi inaugurado em 1957. Em 1991, a unidade hospitalar foi fechada para reforma, sendo reinaugurada em 1993, com a denominação de Centro Integrado de Assistência Psicossocial (CIAPS).

* Com assessoria

 

Entre no grupo do Alô Chapada no WhatsApp e receba notícias em tempo real 

Volte para capa do Alô Chapada

Comente esta notícia