Segunda-feira, 22 de Julho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather
Segunda-feira, 22 de Julho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather

Chapada Segunda-feira, 16 de Outubro de 2023, 08:56 - A | A

Segunda-feira, 16 de Outubro de 2023, 08h:56 - A | A

CONSULTE AQUI

Manual de Sinalização de Trilhas ganha nova versão

Padrão brasileiro é vencedor de prêmios e referência internacional

Da Redação

Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima (MMA) e o Instituto Chico Mendes lançaram a terceira edição, revisada e atualizada, do Manual de Sinalização de Trilhas. A ferramenta é essencial para orientar e guiar gestores de Unidades de Conservação, parceiros da Rede Nacional de Trilhas e Conectividade (RedeTrilhas), entidades mantenedoras de trilhas, amantes da natureza e aventureiros em suas jornadas pelas trilhas do Brasil. O manual é instrumento oficial para sinalização da RedeTrilhas, ensinando a sinalizar de forma eficientes, de baixo custo e fácil implementação.

O objetivo principal deste manual é auxiliar gestores de unidades de conservação e de trilhas a sinalizarem os caminhos com clareza e exatidão, garantindo aos praticantes de caminhadas, pedaladas e outros esportes ao ar livre aventuras seguras e prazerosas, respeitando a natureza. A iniciativa contribui para aproximar a sociedade das áreas protegidas e outras áreas naturais, reconhecendo o turismo de natureza como importante gerador de emprego e renda.

Clique para acessar a 3ª edição do Manual de Sinalização de Trilhas 

O padrão único de sinalização para trilhas de longo curso, reconhecido com o Prêmio Nacional de Turismo 2018 e com o Advancing Trails Award, da American Trails Society dos EUA, cria referência nacional que padroniza a comunicação com os visitantes. Ao mesmo tempo, permite que cada trilha ou área protegida tenha sua própria marca.

Segundo Paulo Faria, coordenador de Planejamento, Estruturação da Visitação e do Ecoturismo do (ICMBio/MMA), “os métodos e referências foram propostos a partir de experiências exitosas, testadas e aprimoradas em diversas unidades de conservação”, afirma.

A RedeTrilhas é iniciativa pioneira da sociedade, organizada de baixo para cima por voluntários. Foi posteriormente abraçada pelo MMA, ICMBio e MTUR e, como política pública, busca conectar e proteger Unidades de Conservação, territórios quilombolas, comunidades tradicionais, Terras Indígenas e remanecentes naturais não-protegidos em todos os ecossistemas e paisagens naturais do país. As trilhas de longo curso oferecem oportunidade única de vivenciar a biodiversidade em florestas, montanhas, praias e planícies brasileiras. Como política pública, a RedeTrilhas nasceu no Programa Nacional de Conectividade de Paisagens-CONECTA, com missão dupla de ser ferramenta de conservação e estrutura de recreação, gerando emprego e renda para populações em seus entornos.

As quase 300 trilhas de longo curso que adotam a sinalização das pegadas amarelas e pretas deste manual somam mais de 10 mil km e conectam mais de 200 Unidades de Conservação das três esferas de governo. Trilhas que conectam novas áreas protegidas aderem à Rede quase semanalmente. A RedeTrilhas é coordenada pelo MMA, em parceria com o Ministério do Turismo e o ICMBio, e tem apoio dos Estados, municípios e da sociedade.

O governo federal propõe, planeja, capacita parceiros e apoia a definição dos traçados, com ajuda de Áreas de Preservação Permanente e Reservas Legais nas propriedades privadas — que, pelo uso turístico, também passam a ter valor econômico e social tangíveis. MMA e ICMBio atuam ainda para implementar trilhas de longo curso que também sejam usadas pela fauna para se movimentar entre áreas naturais relevantes, que podem ser Unidades de Conservação das três esferas de governo.

Nossas trilhas são planejadas cuidadosamente para proteger os habitats naturais, minimizando o impacto humano e apoiando a conservação das espécies que nela habitam. A sinalização inteligente e bem planejada é ferramenta que direciona os visitantes por caminhos pré-estabelecidos e evita desvios e atalhos que possam causar danos ambientais desnecessários ou evitáveis.

O manual, nesta terceira edição revisada e atualizada, foi concebido para, de maneira simples e acessível, orientar a sinalização das UCs federais e dos percursos da RedeTrilhas. Ele é de livre utilização e deve ser combinado com os tutoriais de sinalização postados no canal de YouTube da Rede Brasileira de Trilhas.

RedeTrilhas

Coordenada pelo MMA, em parceira com o Ministério do Turismo e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a Rede Nacional de Trilhas e Conectividade (RedeTrilhas) é uma iniciativa pioneira, organizada a partir de voluntários. Foi posteriormente abraçada pelo poder público. Como política pública, busca conectar e preservar unidades de conservação e outras áreas protegidas, públicas ou privadas. Para mais informações, clique aqui.

 

Entre no grupo do Alô Chapada no WhatsApp e receba notícias em tempo real 

Volte para capa do Alô Chapada

Comente esta notícia