Quarta-feira, 29 de Maio de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather
Quarta-feira, 29 de Maio de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather

Variedades Segunda-feira, 22 de Abril de 2024, 16:50 - A | A

Segunda-feira, 22 de Abril de 2024, 16h:50 - A | A

FAIXA DO NOVO ÁLBUM

Internet indica plágio em música de Anitta

Da redação

Uma polêmica envolvendo Anitta tomou conta das redes sociais na última quinta-feira (18). A cantora divulgou uma prévia da canção Grip, do disco Funk Generation, que será lançado no próximo dia 26 - e após ouvir o trecho, internautas acusaram a carioca de plágio.

Segundo eles, Grip teria forte semelhança com Se Tá Solteira, parceria do cantor FBC com o produtor Vhoor. A faixa pertence ao álbum Baile (2021), projeto mineiro que explora o gênero miami bass, e foi um dos álbuns do estilo mais comentados naquele ano.

Artistas e produtores comentam
Com a discussão, o próprio FBC entrou no assunto. Segundo o cantor, ele vê semelhança entre as duas faixas.

“Como vou falar que a Anitta me plagiou?”, questionou. “Sou fã da Anitta. Mas que é uma coincidência muito perspicaz, uma coisa que bate na quininha do dedinho, é. Se os produtores ouviram e não tiveram esse carinho, esse cuidado, beleza”.

“Mas quem acha que não parece: vamos lá, todo mundo no Spotify. Ouve e me fala”, completou.

Já o produtor Zebu, que integra a equipe de produtores responsável por Grip, escreveu que foi “uma coincidência”. “A mulher que fez essa parte da letra era viciada na palavra gostosa e ela não é do Brasil”, explicou.

Zebu também declarou que é amigo do produtor Vhoor, e, caso tivessem se inspirado na produção dele, teriam pedido autorização. “Se fosse inspiração ou ideia puxada, ainda mais de conhecidos, ia chegar pedido de liberação de uso da música original”, finalizou.

Em seu X (antigo Twitter), Vhoor reforçou que não há problema com a faixa de Anitta. “Estamos de boa”, declarou. “O estilo é o electro/latin freestyle, tem várias outras com sample parecido. Não precisa de treta”.

Para o Estadão, Zebu declarou que algumas músicas feitas por sua equipe de produtores, Brabo Music, usam samples e interpolam várias outras produções no disco Funk Generation. Segundo ele, “tudo foi feito na legalidade e tranquilidade”.

“Eu adoraria trabalhar com o FBC e, no momento, estou trabalhando com o Vhoor em um projeto pro futuro. Estamos todos bem”, completou.

Já FBC declarou para esta matéria que “não vai correr atrás de nada”, mas não considera ser plágio.

“Eu só luto pela ideia de que Baile influencia e influenciará a cena pop por muito tempo. Agora, dizer que não é quase idêntico à minha construção em Se Tá Solteira é quase uma demonstração de mal caratismo”, continuou. Ele, que recebeu críticas de fãs de Anitta, disse que “está tranquilo” e “só se preocupa com os problemas que continuam a existir depois que sai da internet”.

Vhoor e a equipe de Anitta também foram procurados para mais comentários, mas não houve resposta até a publicação desta matéria. O espaço segue aberto.

Fonte: Estadão Conteúdo

 

Entre no grupo do Alô Chapada no WhatsApp e receba notícias em tempo real 

Volte para capa do Alô Chapada

Comente esta notícia