Sexta-feira, 21 de Junho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather
Sexta-feira, 21 de Junho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather

Geral Quinta-feira, 24 de Agosto de 2023, 07:15 - A | A

Quinta-feira, 24 de Agosto de 2023, 07h:15 - A | A

EFEITOS DA SECA

Cânion surpreende turistas após secar totalmente com diferença de um mês em MT

Para guias de turismo da região, o que ocorre é um processo normal na natureza, com variações na intensidade, como um ano em que o lago não secou comparado com agora, em que secou totalmente

g1-MT

O guia de turismo Ailton Junior Moraes se surpreendeu ao ver os efeitos da seca no Cânion do Jatobá, em Vila Bela da Santíssima Trindade, a 562 km de Cuiabá. Há cerca de um mês, ele foi mergulhar nas águas azuis do lago turístico que costuma reunir entre sete a oito mil visitantes por temporada.

Para fugir da rotina diária no mercado, ele se encanta na natureza, mas que, agora, está sem tantas belezas.

"Com a seca em pouco tempo ele seca não tem dois meses direito", contou.

Por falta de chuvas na região, a água secou totalmente antes do previsto para o período da seca, segundo o guia de turismo Jamiro Pereira Albino.

"Então, no ano passado a chuva praticamente não parou, e esse ano, por falta de chuva, está todas as cachoeiras e cânion sem água", contou.

 

Ailton Junior Moraes

canion

Ailton mostra diferença no cânion com fotos tiradas em agosto (à esquerda) e em junho (à direita)


Já para o guia de turismo Francisco de Assis Ramos, essa seca costuma acontecer todo ano, mas com algumas variações de intensidade.

"Esse é um processo normal da natureza, mas com variações de um ano para outro. Esse ano ele secou um pouco mais cedo. O ano passado tivemos uns 15 dias sem água no mês de agosto, já teve ano que ele não secou, e anos como agora que secou totalmente", afirmou.

Segundo ele, por ser de arenito e com formação em placas, a água continua passando, mas com uma profundidade maior.

O cânion
A partir de 2017, o cânion começou a ser visitado por turistas.

O local se tornou um dos atrativos mais visitados desde então no Parque Serra de Ricardo Franco. O maior fluxo de visitações ocorre de dezembro a junho.

Ailton Junior Moraes

canion

Ailton Junior se surpreendeu ao ver o cânion seco depois de vê-lo cheio, há cerca de um mês

 

Entre no grupo do Alô Chapada no WhatsApp e receba notícias em tempo real 

Volte para capa do Alô Chapada

Comente esta notícia