Sábado, 25 de Maio de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather
Sábado, 25 de Maio de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather

Fechou na Neblina Quarta-feira, 18 de Outubro de 2023, 10:08 - A | A

Quarta-feira, 18 de Outubro de 2023, 10h:08 - A | A

DESMATAMENTO

Sema apreende madeira ilegal e embarga área de mais de 10 mil hectares em Marcelândia

Nove pontos foram fiscalizados no município, com base em alertas remotos de monitoramento por satélite

Da Redação

Em operação de fiscalização no município de Marcelândia (a 640 km de Cuiabá), a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), com o apoio do Grupo Especial de Fronteira (Gefron), apreendeu 600 metros cúbicos de madeira, oriundas do desmate ilegal de 18 espécies de árvores, entre elas Peroba, Cedro e Cambará Rosa.

Além das madeiras em toras, dois tratores, uma carreta e uma carretinha agrícola foram apreendidas, e mais de 10 mil hectares embargados. Os agentes ambientais também aplicaram, em um único caso, R$ 600 mil em multa. Ao todo, nove pontos foram fiscalizados no município, com base em alertas remotos de monitoramento por satélite.

A tecnologia utilizada pela Sema-MT no combate aos crimes ambientais reúne imagens de satélite de alta definição de diversas fontes e fornece, em poucos minutos, dados precisos de todo o uso do solo no Estado, incluindo de desmatamento.

“A estratégia de atuação da Sema-MT inclui identificar o desmatamento ainda no início, enviando equipes a campo para realizar o flagrante e impedir o avanço do crime ambiental”, explica o superintendente de Fiscalização da Sema-MT, Bruno Saturnino.

Toda a madeira ilegal apreendida, por se tratar de produto perecível, foi doada ao Conselho Comunitário de Segurança Pública de Marcelândia. A fiscalização ocorreu em mais uma fase da Operação Amazônia, encerrada na última semana (09.10).

Canal de denúncia

A Sema-MT atende denúncias da população contra crimes ambientais e pescas predatórias pela Ouvidoria, no telefone 0800 065 3838, pelo e-mail [email protected], pelo WhatsApp (65) 99321-9997 e em suas Unidades Regionais.

Quem se deparar com algum crime ambiental também pode denunciar por meio do contato da Polícia Militar -190.

* Com assessoria

 

Entre no grupo do Alô Chapada no WhatsApp e receba notícias em tempo real 

Volte para capa do Alô Chapada

Comente esta notícia