Sexta-feira, 21 de Junho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather
Sexta-feira, 21 de Junho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather

Agricultura Segunda-feira, 14 de Agosto de 2023, 08:33 - A | A

Segunda-feira, 14 de Agosto de 2023, 08h:33 - A | A

SAFRA 2022/23

Falta de espaço nos armazéns mato-grossenses faz vendas de milho melhorarem em julho

Segundo os dados divulgados pelo Imea no último dia 8, as negociações para a safra 2022/23 avançaram 5,07 pontos percentuais (p.p.) em relação a junho

Da Redação

Dados atualizados pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) mostram incremento na comercialização do milho safrinha, ciclo 2022/23, em julho na comparação com a movimentação de junho.

Conforme o Imea, a comercialização de milho para as safras 2022/23 e 2023/24 avançou no mês passado, mesmo com recuo sobre as cotações, quando comparadas aos registros de iguais momento do ano passado. Em relação à comercialização do milho físico, esse que acaba de ser colhido no Estado, esse incremento se pauta pela necessidade dos produtores em liberar espaço nos armazéns, devido ao andamento da colheita no Estado. “Esse movimento se dá apesar de o preço médio negociado exibiu recuo de 4,58% ante a junho, ficando na média de R$ 34,40/sc”, explicam os analistas do Imea.

Segundo os dados divulgados pelo Imea no último dia 8, as negociações para a safra 2022/23 avançaram 5,07 pontos percentuais (p.p.) em relação a junho, fechando 58,54% do total esperado da produção, cerca de 51 milhões de toneladas (t).

Para a temporada 2023/24, as negociações avançaram apenas 1,92 p.p. em julho ante a junho, 6,62% do total previsto da produção. “Esse cenário de negociações mais lentas se deve à retração constante no preço do cereal, o que acaba desestimulando os produtores a travarem novas negociações. Por fim, o preço recuou 0,90% em julho ante ao mês anterior, ficando com média de R$ 31,22/sc”, completam os analistas.

RETRAÇÃO – O preço do milho na Bolsa de Chicago apresentou queda de 9,52% no comparativo semanal, em decorrência da melhora nas previsões climáticas dos EUA.

INCREMENTO – Em Mato Grosso, a colheita do milho da safra 2022/23 chegou a 96,08% do total da área (até o dia 04/08), avanço semanal de 4,46 p.p

* Com informações do MT Econômico

 

Entre no grupo do Alô Chapada no WhatsApp e receba notícias em tempo real 

Volte para capa do Alô Chapada

Comente esta notícia