Terça-feira, 28 de Maio de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather
Terça-feira, 28 de Maio de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather

Variedades Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2024, 08:52 - A | A

Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2024, 08h:52 - A | A

JORNALISTAS

Globo reforça a segurança de William Bonner e Renata Vasconcellos

TV passou a falar as siglas referentes as facções criminosas, que não eram divulgadas antes.

DA REDAÇÃO

A Globo precisou reforçar a segurança dos âncoras do Jornal Nacional e dos jornalistas escalados para os substituir, em caso de folga. Isso porque o canal de TV passou a falar as siglas referentes as facções criminosas, que não eram divulgadas antes.

Agora, tanto William Bonner como Renata Vasconcellos e outros âncoras, que poderão assumir o comando do Jornal Nacional, terão a segurança redobrada pela Globo devido à divulgação dessas siglas.

No entanto, outros veículos de comunicação seguem com a norma de não citar facções criminosas. Aliás, essa prática busca não dar cartaz para esses grupos, além de proteger os colaboradores.

A Globo, porém, acredita que, ao deixar de identificar as facções, deixaria o público confuso sobre a autoria de alguns crimes que são pautas nos jornais. A decisão de citar o nome desses grupos foi discutida em diversas reuniões internas, de acordo com o portal Ig.

Vale lembrar que essa não é a primeira vez que o canal de TV discute sobre a segurança desses colaboradores. Isso porque Renata Vasconcellos quase foi feita de refém, em outra ocasião, dentro dos estúdios. Além disso, durante a cobertura das eleições presidenciais, o esquema de segurança dos âncoras do Jornal Nacional também foi revisado.

 

*Do Portal Ig 

 

Entre no grupo do Alô Chapada no WhatsApp e receba notícias em tempo real 

Volte para capa do Alô Chapada

Comente esta notícia