Segunda-feira, 17 de Junho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather
Segunda-feira, 17 de Junho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather

Política Terça-feira, 25 de Julho de 2023, 09:36 - A | A

Terça-feira, 25 de Julho de 2023, 09h:36 - A | A

ARMAS PARA CIVIS

Deputados de MT assinam projeto para barrar restrições no mercado de armas e munições

Abílio Brunini (PL), José Medeiros (PL), Amália Barros (PL), Coronel Fernanda (PL) e Coronel Assis (União Brasil), juntaram-se com outros 47 deputados federais, que tam

g1

Cinco Deputados Federais de Mato Grosso assinaram um projeto de decreto legislativo (PDL) que busca derrubar o decreto 11.615/23, do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que amplia as restrições na circulação e acesso às armas para civis no Brasil.

Os parlamentares Abílio Brunini (PL), José Medeiros (PL), Amália Barros (PL), Coronel Fernanda (PL) e Coronel Assis (União Brasil) se juntaram com outros 47 deputados federais, que também assinaram o decreto no último sábado (22).

Dentre as mudanças estabelecidas pelo decreto do presidente Lula estão a limitação na quantidade de armas e munições que podem ser compradas por cidadão, a restrição de calibres específicos que antes eram permitidos, a proibição do funcionamento de clubes de tiro por 24h e a obrigação de transitar com a arma sem munição.

Desarmamento e ultrapassa a função de um decreto, que é de apenas regular uma lei já existente.

Segundo os parlamentares, a manutenção do registro das armas de fogo de uso restrito no Comando do Exército é essencial para assegurar a segurança jurídica e o cumprimento adequado das normas estabelecidas pelo Estatuto.

Para que um PDL consiga derrubar o decreto questionado ele precisa ser aprovado pela Câmara e pelo Senado.

 

Entre no grupo do Alô Chapada no WhatsApp e receba notícias em tempo real 

Volte para capa do Alô Chapada

Comente esta notícia