Segunda-feira, 17 de Junho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather
Segunda-feira, 17 de Junho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather

Geral Quarta-feira, 09 de Agosto de 2023, 15:57 - A | A

Quarta-feira, 09 de Agosto de 2023, 15h:57 - A | A

NO SERVIÇO PÚBLICO

MPF promove debate sobre protagonismo de lésbicas e pretas em MT

Roda de conversa será realizada dia 23 de agosto na sede do MPF em MT e contará com protagonismo feminino na condução das discussões

DA ASSESSORIA

Um evento que visa a proporcionar reflexões sobre o protagonismo de mulheres negras e lésbicas que têm lutado e conquistado espaços em ambientes costumeiramente dominados por homens brancos, como é o caso do serviço público, e que busca abordar os caminhos necessários para promover maior inclusão e equidade de gênero e raça nesse contexto.

Este é o objetivo da roda de conversa Desafios da Ampliação do Acesso de Lésbicas e Pretas a Cargos de Liderança no Serviço Público, promovida pela Comissão Pró-Equidade de Gênero e Raça do MPF em Mato Grosso no próximo dia 23 de agosto, a partir das 9h30, na sede da instituição.

Para discutir o assunto, o órgão convidou três mulheres que conquistaram notoriedade na defesa e promoção de direitos para cidadãs negras e lésbicas: a presidenta do Instituto de Mulheres Negras de Mato Grosso (Imune), professora Antonieta Costa; a também professora Luciana de França, presidenta do Instituto Afro Brasileiro; e Bruna Andrade Irineu, presidenta da Associação Brasileira de Estudos da Homocultura (Abeh) e professora no Departamento de Serviço Social da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Cada uma contribuirá com seu olhar a respeito das discussões que se fazem necessárias sobre caminhos e olhares, fontes e vestígios na configuração social que leva o serviço público a ter suas características tão atreladas ao patriarcado, e quais os caminhos que a sociedade deve tomar para se tornar um ambiente mais inclusivo.

A iniciativa ocorre em um contexto em que uma pesquisa sobre o Perfil Étnico-Racial do Ministério Público brasileiro revelou a baixa representatividade de mulheres negras e homens negros no órgão. Embora a população brasileira seja composta por 56,1% de pessoas pretas e pardas, apenas 6,5% de mulheres negras e 13,2% de homens negros ingressaram nos últimos cinco anos no Ministério Público. A pesquisa revela a importância de se promover a inclusão e a equidade, em especial para mulheres lésbicas e pretas, na ocupação de cargos de liderança no serviço público.

O evento ocorrerá de forma presencial na sede do MPF em Mato Grosso, mas também poderá ser acompanhado on-line. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas neste formulário. O link para participação será enviado após a confirmação de inscrição.

SERVIÇO

O que: Roda de Conversa Desafios da Ampliação do Acesso de Lésbicas e Pretas a Cargos de Liderança no Serviço Público
Quando: 23/8, às 9h30
Onde: Jardim Cuiabá - Office & Flat, Av. Miguel Sutil, 1.120, Esquina Rua J. Márcio (R. Nestelaus Devuisky), Bairro Jardim Primavera.
Inscrições: NESTE LINK 
Contato: (65) 3612-5000 / 99286-2891

 

Entre no grupo do Alô Chapada no WhatsApp e receba notícias em tempo real 

Volte para capa do Alô Chapada

Comente esta notícia