Sexta-feira, 21 de Junho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather
Sexta-feira, 21 de Junho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather

Geral Sexta-feira, 28 de Julho de 2023, 12:19 - A | A

Sexta-feira, 28 de Julho de 2023, 12h:19 - A | A

NESTA SEXTA

Experimentações Poéticas com Silva Freire é o tema da live “Conversas ao pé do cajueiro” de julho

Para o décimo episódio, de uma série de 12, os escritores Caio Ribeiro e Luiz Renato discutem a obra do poeta, com mediação da filósofa Maurília Valderez

Da Redação

“Produtores dos Tecidos Culturais: Experimentações Poéticas com Silva Freire” é o tema que norteia a live de julho das “Conversas ao pé do Cajueiro”, promovida mensalmente pela Casa de Cultura Silva Freire. A transmissão está programada para sexta-feira (28.07), às 17h, no canal do YouTube da CSF

Para o décimo episódio, de uma série de 12, os escritores Caio Ribeiro e Luiz Renato discutem a obra do poeta, com mediação da filósofa Maurília Valderez.

“A atitude de Silva Freire em estimular e apoiar os produtores do tecido cultural incentivando-os a se comportar de modo aguerrido no campo da arte e da política, nos levou a escolher como tema da live 10: Produtores dos tecidos culturais: Experimentações poéticas com Silva Freire. Queremos destacar a preposição “com” por indicar a importância do contágio com a obra, o pensamento e a pessoa de Silva Freire”, destaca Larissa Silva Freire, coordenadora da Casa Silva Freire.

A live “Conversas ao pé do Cajueiro” integra a programação 2023 da Casa Silva Freire, uma das instituições vencedoras do edital Rede Pontos de Cultura, da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso (Secel-MT).

Além dos 12 programas “Conversas ao pé do cajueiro”, planejados para ocorrer mensalmente, a Casa Silva Freire oferece ainda uma série de visitas escolares guiadas e oficinas de formação.

Ponto de Memória

Agora, além de Ponto de Cultura, a Casa de Cultura Silva Freire também é Ponto de Memória pelo IBRAM (Instituto Brasileiro de Museus).

“Esse reconhecimento abrange não só a família e a equipe atual da Casa Silva Freire, mas também artistas, professores, advogados, amigos, admiradores e leitores de Silva Freire que colaboraram para a divulgação de sua literatura”, destaca Larissa Silva Freire, coordenadora da CSF.

Para além de divulgar a obra de Silva Freire, a CSF tem o objetivo de preservar costumes e tradições da cuiabania, patrimônio material e imaterial, bem como o próprio Silva Freire fazia quando escrevia seus artigos, poemas e contos.

Localizada na Rua Cândido Mariano, 707, Centro Norte de Cuiabá, a Casa de Cultura Silva Freire abriga acervo de imensurável valor, com boa parte da produção cultural do poeta Silva Freire, coleção literária (com muitos textos inéditos), fotos, documentos, áudios, vídeos e objetos pessoais, boa parte desse acervo já disponível ao acesso público e gratuito.

A Casa de Cultura Silva Freire, fundada em 8 de abril de 2010, é uma associação sem fins lucrativos, que possui a finalidade de preservar e difundir a obra do poeta Benedito Sant’Ana da Silva Freire e a produção do movimento Intensivismo e Poema//Processo, por meio da promoção e incentivos à cultura, educação, literatura, arte e ciências no Estado de Mato Grosso.

* Com Assessoria

 

Entre no grupo do Alô Chapada no WhatsApp e receba notícias em tempo real 

Volte para capa do Alô Chapada

Comente esta notícia