Sábado, 25 de Maio de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather
Sábado, 25 de Maio de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather

Geral Quinta-feira, 18 de Abril de 2024, 14:19 - A | A

Quinta-feira, 18 de Abril de 2024, 14h:19 - A | A

ABRIL AZUL

Equoterapia traz benefícios motores e cognitivos em crianças e adolescentes, diz especialista

Da redação

O mês de Abril marca a campanha de conscientização do Abril Azul, estabelecida em 2007 pela Organização das Nações Unidas (ONU) para dar mais visibilidade ao Transtorno do Espectro Autista (TEA). Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o autismo afeta um a cada 100 crianças em todo mundo, os dados foram revelados no Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo, celebrado no dia 2 de Abril.

A campanha tem um propósito de dar mais visibilidade sobre o tema, aliás é com o conhecimento que podemos combater o preconceito. O TEA, trata-se de um transtorno neurodesenvolvimento que é caracterizado por dificuldade de comunicação, interação, sociabilidade, podendo ter outras questões como comportamento repetitivos, problemas em lidar com estímulos sensoriais excessivos como som alto, cheiro forte e multidões.

É importante, que quando se tenha o diagnóstico, a criança possa ter um acompanhamento com uma equipe multidisciplinar para ajudar no desenvolvimento da fala, interação e estabilidade emocional. Um dos métodos que ajuda nesse processo é a equoterapia, também conhecida como terapia assistida por cavalos, que é uma prática que tem muitos benefícios no desenvolvimento das crianças e adolescentes.

Divulgação

semana do cavalo equoterapia crianças

 

“Os benefícios são motores e cognitivos. O movimento tridimensional do cavalo causa o tempo todo no praticante (paciente de equoterapia) uma ação de desequilíbrio e equilíbrio, estimulando assim no praticante reações de ajustes corporais favorecendo equilíbrio, tônus e trofismo. Além disso, há benefícios de ganho de consciência corporal, lateralidade, noção espacial, coordenação motora global (fina e grossa). E no cognitivo, temos melhora da interação e socialização, aprendizagem, memória, raciocínio lógico, regras e limites, estímulo de fala, atenção concentração, empoderamento, autonomia e autoestima” explica a Taiane de Almeida Caldeira do Amaral, fisioterapeuta responsável no Haras Twin Brothers.

Atualmente, mais de 500 crianças e adolescentes, são atendidas mensalmente com o método terapêutico e educacional oferecido pelo Haras Twin Brothers. 

“Aqui no Haras, com indicação médica, nós iniciamos os atendimentos com dois anos de idade e oferecemos as aulas de forma particular e também gratuita. Temos convênios com a Secretaria Municipal de Educação e a Secretaria de Assistência Social de Cuiabá, a Secretaria de Educação do Estado, a ABQM (Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha) e com o Senar”, pontua a fisioterapeuta.

A 11ª edição da Semana do Cavalo que será realizada no dia 02 a 12 no Parque de Exposições Jonas Pinheiro é uma oportunidade para o público conhecer a importância social do evento.

“O público vai ter uma surpresa muito grande na programação, o evento reforça tudo que o cavalo vem proporcionando, não só na economia, mas também no bem-estar, com as aulas de equitação e todo tratamento que a equoterapia traz para a sociedade. Todos os shows terão a entrada para a pista gratuita, mas o público é convidado a doar 1kg de alimento que será destinado às famílias assistidas pelo projeto de equoterapia do Haras Twin Brothers”, destacou Câe.

Capacitação profissional

Com o objetivo de apoiar o crescimento de profissionais capacitados para atender pacientes com Transtornos do Espectro Autista (TEA). O Haras Twin Brothers oferece cursos itinerantes na área de serviços assistidos por cavalo para dar apoio a equipe dos centros de Equoterapia.

Ministrado pela profissional Claudia da Costa Mota, mestre em Ciências da Educação e especialista em neuropsicomotricidade o curso contextualiza diversos temas, desde a área dos cavalos à área terapêutica, abordando inclusão escolar, deficiências física, sensorial e/ou intelectual (PcD), Transtornos do Espectro Autista (TEA) e transtornos de aprendizagem.

“Temos cursos profissionalizantes que realizamos uma vez por ano. Essa capacitação profissional é oferecida de forma gratuita pelo Senar, que é parceiro da Semana do Cavalo, e também vagas pagas. Quem estiver interessado, pode entrar em contato conosco no telefone (65) 99276-3165”, finaliza Taiane.

Informação do curso:

Duração e carga horária: 02 encontros presenciais

Data: dias 10 e 11 de maio

Carga horária total: 16 horas
Horário proposto: 8h30 às 12h 13h30 às 17h30

Público: profissionais atuantes na área

 

Entre no grupo do Alô Chapada no WhatsApp e receba notícias em tempo real 

Volte para capa do Alô Chapada

Comente esta notícia