Sexta-feira, 21 de Junho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather
Sexta-feira, 21 de Junho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather

Chapada Terça-feira, 11 de Junho de 2024, 06:31 - A | A

Terça-feira, 11 de Junho de 2024, 06h:31 - A | A

PORTÃO DO INFERNO

Governador vai a Brasília para nova reunião com o Ibama sobre obra na MT-251

O governador Mauro Mendes (União Brasil) anunciou que irá a Brasília, nesta terça-feira (11), para cumprir agendas com órgãos do Governo Federal

Da Redação

O governador Mauro Mendes (União Brasil) anunciou que irá a Brasília, nesta terça-feira (11), para cumprir agendas com órgãos do Governo Federal. Após entrevista na rádio CBN, Mauro foi questionado sobre a agenda com o Ibama por jornalistas. O governador confirmou uma nova "peregrinação" junto ao órgão federal. Disse também estar preocupado que o início do período de chuvas, previsto para o último trimestre do ano, prejudique a conclusão da obra que é de 120 dias (quatro meses).

Uma delas é com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que analisa um pedido de licença para obras de corte no Paredão do Inferno em Chapada dos Guimarães.

O prazo dado pelo Ibama e também pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) era de até 30 dias a contar do início de maio e que venceu na última semana.

A Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) propôs que seja feito um "retaludamento" no paredão do Portão do Inferno como solução aos deslizamentos de rochas e sedimentos da escarpa. Na prática, seria feito um corte com retirada da massa de terra da escarpa, recuando a pista da rodovia MT-251, onde hoje há riscos de deslizamentos.

No final do mês de março, o governador convocou a imprensa para apresentação do projeto de retaludamento do paredão e assinatura da ordem de serviço com a Lotufo Engenharia e Construções LTDA, empresa que fará o recorte dos paredões e o novo traçado da MT-251.

De acordo com a equipe técnica, o governo firmou um contrato de R$ 29,5 milhões com a empresa Lotufo Engenharia e Construção, que será responsável pelo projeto. O prazo para entrega da obra é de até 120 dias, após autorização do Ibama e ICMBio.

Conforme o Alô Chapada informou, Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio) afirmou que nesta terça-feira será apresentado parecer a respeito das pretendidas obras emergenciais de retaludamento do Portão do Inferno, no interior do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, propostas pelo Governo do Estado de Mato Grosso. 

Com MidiaJur

 

 

Entre no grupo do Alô Chapada no WhatsApp e receba notícias em tempo real 

Volte para capa do Alô Chapada

Comente esta notícia