Segunda-feira, 17 de Junho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather
Segunda-feira, 17 de Junho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather

Geral Terça-feira, 11 de Julho de 2023, 10:19 - A | A

Terça-feira, 11 de Julho de 2023, 10h:19 - A | A

dirigíveis híbridos

Aeronave com “bumbum” chama atenção pelo design: “futuro da aviação”

Carinhosamente conhecido como “bumbum voador”, o dirigível é sustentável e pode acomodar até 100 passageiros

Julia Buckleyda | CNN

Em busca de alternativas mais sustentáveis para a aviação, a companhia aérea espanhola Air Nostrum deu um passo ousado ao encomendar uma frota de 10 dirigíveis híbridos. Os dirigíveis, da linha Airlander 10 fabricada pela Hybrid Air Vehicles (HAV) com sede no Reino Unido, prometem não apenas causar um impacto visual marcante, mas também reduzir as emissões em até 90%.

Cabine do Air Nostrum Airlander / Hybrid Air Vehicles

A entrega dessas aeronaves está prevista para 2026, e a Air Nostrum espera que elas ajudem a empresa a atingir as metas estabelecidas pela União Europeia no programa “Fit for 55”, que visa reduzir as emissões em pelo menos 55% até 2030. Os dirigíveis são impulsionados por hélio e eletricidade, podendo acomodar até 100 passageiros. Embora sua velocidade máxima seja de 129 km/h, eles oferecem a vantagem de não precisar de uma pista de aeroporto para pousar, podendo operar em áreas verdes, orlas e aeroportos subutilizados.

Carlos Bertomeu, presidente da Air Nostrum, ressaltou a importância desse acordo para a sustentabilidade da aviação comercial. “O Airlander 10 reduzirá drasticamente as emissões e, por isso, fizemos este acordo com a HAV”, afirmou.

O CEO da HAV, Tom Grundy, enfatizou que essa parceria demonstra como é possível alcançar a descarbonização dos voos de curta distância. “O Airlander foi projetado para oferecer um futuro melhor para serviços de aviação e transporte sustentáveis”, disse Grundy.

Com a construção da frota programada para iniciar ainda este ano, a HAV estima criar cerca de 1.800 empregos na região de Yorkshire, no Reino Unido. Essa iniciativa representa um passo importante em direção à aviação mais amiga do meio ambiente, abrindo caminho para uma nova era de transporte aéreo sustentável.

 

Entre no grupo do Alô Chapada no WhatsApp e receba notícias em tempo real 

Volte para capa do Alô Chapada

Comente esta notícia