Terça-feira, 28 de Maio de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather
Terça-feira, 28 de Maio de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather

Chapada Quarta-feira, 20 de Março de 2024, 17:29 - A | A

Quarta-feira, 20 de Março de 2024, 17h:29 - A | A

CAIU DE JET SKI

Marinha abre procedimento para investigar morte de jovem que se afogou no Manso

Namorado da vítima tentou fugir do local do crime, mas acabou sendo contido por populares; ele não tinha permissão para pilotar.

DA REDAÇÃO

A Marinha do Brasil em Mato Grosso informou que instaurou um inquérito para investigar a morte da jovem Ana Luíza dos Santos, de 19 anos. no Lago do Manso. A vítima morreu ao cair de um jet ski no último domingo (17), no manancial, que fica em Chapada dos Guimarães (68 km de Cuiabá). Ainda foi verificado que o motorista da moto aquática, que seria namorado da jovem, não tinha permissão para pilotar o veículo.

De acordo com uma matéria do Programa do Pop, o namorado, que não teve a identidade divulgada, tentou fugir do local, mas foi detido por populares, que chamaram a Polícia Militar Rural e a Marinha. Além disso, menos de duas horas depois do acidente, os advogados do rapaz já estavam no local para prestar assistência jurídica.

LEIA MAIS: Piloto envolvido em acidente com jet ski no Manso seria integrante de facção criminosa

O namorado, que seria membro de uma organização criminosa, acabou sendo liberado.

A Polícia Civil faz buscas pelo jovem para entender o motivo de ele ter tentado fugir, já que se tratava de sua companheira.

O ACIDENTE

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar, uma equipe foi acionada às 18h15 e recebeu informações de que a vítima estava fazendo um passeio próximo à Marina do Sol quando o piloto fez uma manobra brusca e ela caiu do veículo. Tanto Ana quanto o rapaz estavam sem coletes salva-vidas. Além disso, a moto aquática estava sem documentação necessária para circular.

Na segunda-feira, os militares fizeram uma busca pelas margens do lago para verificar se Ana havia conseguido nadar até ao local e pudesse estar na região. No entanto, não obtiveram êxito na busca por superfície e começaram a procurar de forma subaquática, com o uso de cilindros de oxigênio.

Ao cair da noite, as buscas tiveram que ser interrompidas devido à baixa visibilidade e foram retomadas na madrugada de terça. O corpo boiou e foi encontrado pelos bombeiros.

O cadáver foi removido pela Perícia Oficial e Identificação Técnica e encaminhado ao Instituto Médico Legal para os demais procedimentos cabíveis.

 

*Do HNT - HiperNoticias

 

Entre no grupo do Alô Chapada no WhatsApp e receba notícias em tempo real 

Volte para capa do Alô Chapada

Comente esta notícia