Segunda-feira, 15 de Julho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather
Segunda-feira, 15 de Julho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather

Meio Ambiente Terça-feira, 30 de Maio de 2023, 08:36 - A | A

Terça-feira, 30 de Maio de 2023, 08h:36 - A | A

MAIS DE 2.800 km²

Mês de maio bate recorde de alertas de desmatamento no Cerrado

Bahia, Maranhão, Piauí e Tocantins concentram a maior parte dos avisos

Gabriel Brum | RN

A área de alertas de desmatamento no Cerrado, nos primeiros 18 dias de maio, é a maior para o período na série histórica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que começou em 2018. O total de áreas em alerta é de 627 quilômetros quadrados, equivalente aos municípios de Taubaté, em São Paulo, ou Chapecó, em Santa Catarina.

Ainda de acordo com informações do Sistema de Detecção de Desmatamentos em Tempo Real (Deter), Bahia, Maranhão, Piauí e Tocantins concentram a maior parte dos avisos. Riachão Das Neves e São Desidério, na Bahia, e Mirador, no Maranhão, são os municípios com mais alertas.

O diretor de Conservação e Restauração da ONG WWF-Brasil, Edegar de Oliveira, diz que o Cerrado é pouco protegido e que boa parte dele já foi derrubada. Ele ressalta o impacto do desmatamento sobre o ciclo da água.

Em 2023, os alertas de desmatamento do Cerrado já acumulam mais de 2.800 quilômetros quadrados.

O Deter é um sistema de alerta rápido para dar suporte à fiscalização e agilizar o combate a crimes ambientais. Já os números reais consolidados de desmatamento são do Prodes, também do Inpe.

 

Entre no grupo do Alô Chapada no WhatsApp e receba notícias em tempo real 

Volte para capa do Alô Chapada

Comente esta notícia