Segunda-feira, 15 de Julho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather
Segunda-feira, 15 de Julho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather

Geral Sexta-feira, 05 de Maio de 2023, 08:41 - A | A

Sexta-feira, 05 de Maio de 2023, 08h:41 - A | A

CONECTAEDU MT

Serviços potencializam acesso à internet e registro de frequência

Plataforma permitirá uma maior agilidade na abertura da ficha e na efetivação de encaminhamentos à Rede de Proteção Social

Da Redação

O Governo de Mato Grosso lançou a Plataforma Informatizada da Ficha de Comunicação de Aluno Infrequente, Indisciplinado e Infrator (FICAI), e o programa ConectaEdu MT, que tem por objetivo reforçar as ações que contribuem para a qualidade e trafegabilidade dos dados. O lançamento foi realizado no auditório da Seduc e contou com a presença de autoridades.
 
O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, explicou que o ConectaEdu MT deverá assegurar que todas as escolas públicas do Estado tenham acesso à internet de alta velocidade. Já a plataforma Ficai vai permitir a atualização da ficha de comunicação dos estudantes com um sistema ágil e moderno. Segundo Alan, os serviços vão garantir que toda a comunidade escolar esteja inserida no mundo digital e potencialize o processo de ensino e aprendizagem. “É com base nas Políticas Públicas do Plano Educação 10 anos que vamos alcançar todas as escolas e profissionais com maior engajamento e tecnologia dentro de sala de aula”, destacou.  
 
De acordo com a secretária-adjunta de Gestão Regional, Alcimária Ataídes, a plataforma Ficai Online é uma ficha que vai possibilitar o processo de garantia dos direitos da criança e do adolescente em apoio com as instituições que compõem a Rede de Proteção Social. “Essa nova plataforma permitirá uma maior agilidade na abertura da ficha e na efetivação de encaminhamentos à Rede de Proteção Social. É uma ação que deverá fortalecer as ações que já vêm sendo desenvolvidas dentro da Seduc e auxiliar no processo pedagógico”, explicou.

O promotor de Justiça Miguel Slhessarenko parabenizou a ação da Seduc e disse que é imprescindível a utilização da tecnologia para auxiliar no dia a dia das escolas. Segundo o promotor, todos os dados e informações sobre os estudantes deverão contribuir em tempo real para o acesso e garantir as informações necessárias aos órgãos competentes. “Com a implantação desse sistema, o processo se torna mais rápido e com mais alternativas para acompanhar o dia a dia dos estudantes dentro da unidade”, detalhou.
 
Conforme o representante da MegaEdu, Thomaz Galvão, a meta é de que Mato Grosso se torne referência nacional em conectividade nas escolas até 2024, e apresente indicadores de sucesso com todas as ferramentas necessárias para impulsionar o desenvolvimento pedagógico. A MegaEdu é uma organização sem fins lucrativos que trabalha para levar internet de alta velocidade para todas as escolas públicas do Brasil. "Em 15 dias de trabalho nós triplicamos o número de escolas que têm monitoramento da velocidade de internet com apoio das Diretorias Regionais de Educação (DRE’s). Atualmente já disponibilizamos os serviços em 80% das escolas da rede”, completou.
 
Dentre os presentes no lançamento também estavam o Promotor de Justiça, Rogério Bravin de Souza, a representante do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Do Adolescente de Cuiabá, Gisele Sebastiana de Souza, o Diretor Regional de Educação de Cuiabá, Fábio Bernardo, a Diretora Regional de Educação de Várzea Grande, Maria Denize Souza, diretores e secretários escolares.

*Com informações assessoria

 

Entre no grupo do Alô Chapada no WhatsApp e receba notícias em tempo real 

Volte para capa do Alô Chapada

Comente esta notícia