Sexta-feira, 21 de Junho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather
Sexta-feira, 21 de Junho de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather

Geral Terça-feira, 22 de Agosto de 2023, 06:26 - A | A

Terça-feira, 22 de Agosto de 2023, 06h:26 - A | A

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Advogado é preso suspeito de tentativa de feminicídio contra 2 mulheres em condomínio de luxo em Cuiabá

OAB-MT informou, em nota, que não foi acionada para acompanhar a prisão e que, após a ocorrência, deve encaminhar o caso ao Tribunal de Ética e Disciplina.

g1-MT

O advogado Marcos da Silva Borges, de 26 anos, foi preso em flagrante, nesse sábado (19), por tentativa de feminicídio contra duas mulheres de 27 anos, em um condomínio de luxo no Bairro Duque de Caxias, em Cuiabá.

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional em Mato Grosso (OAB-MT) informou, em nota, que não foi acionada para acompanhar a prisão e que, após a ocorrência, deve encaminhar o caso ao Tribunal de Ética e Disciplina (TED). 

A juíza da 2ª Vara de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher da Comarca de Cuiabá, Glenda Moreira Borges, converteu a prisão em flagrante em preventiva.

Por volta de 19h30, a Polícia Militar foi acionada para atender o caso. A polícia se deparou com uma das vítimas no saguão do prédio, com ferimento nas pernas devido às facadas. A outra mulher estava no apartamento do suspeito.

No prédio, também mora um delegado, que iria subir com os policiais militares até o apartamento do advogado. No entanto, o acusado estava no elevador com o filho e, ao chegar no térreo, foi dada a voz de prisão.

A segunda vítima, que estava no apartamento, desceu apresentando ferimentos no rosto devido aos socos recebidos, de acordo com a Polícia Militar. O suspeito teria tentado dar uma 'carteirada' nos militares por ser advogado.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado e prestou os primeiros socorros às duas. Em seguida, ambas foram levadas para atendimento no Hospital Municipal de Cuiabá.

O advogado foi preso e levado para o Plantão de Atendimento a Vítima de Violência Doméstica e Sexual, onde foi ouvido pela delegada plantonista. Ele responde por violência doméstica.

 

Entre no grupo do Alô Chapada no WhatsApp e receba notícias em tempo real 

Volte para capa do Alô Chapada

Comente esta notícia