Terça-feira, 28 de Maio de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather
Terça-feira, 28 de Maio de 2024
facebook instagram youtube twitter whatsapp
Chapada dos Guimarães
icon-weather

Chapada Sábado, 16 de Dezembro de 2023, 08:18 - A | A

Sábado, 16 de Dezembro de 2023, 08h:18 - A | A

PERIGO NA MT-251

Fiscalização impede 147caminhões de passarem pela região do Portão do Inferno

Da Redação

Somente nos dois primeiros dias de proibição do trânsito de veículos pesados na Estrada de Chapada, 147 caminhões foram impedidos de passar pela região do Portão do Inferno na MT-251. A portaria publicada na quarta-feira (13) pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) restringe o tráfego de veículos com mais de 3,5 toneladas de Peso Bruto Total (PBT) na região, visando minimizar os impactos do trânsito pesado na estrada e evitar novos deslizamentos de terra.

A Polícia Militar do Estado de Mato Grosso está atuando na fiscalização e orientação aos motoristas. No dia da publicação da portaria, foram 98 veículos parados. Na quinta-feira (14.12), esse número diminuiu para 49.

Dois postos foram montados, um no Terminal Turístico da Salgadeira e outro na rotatória que dá acesso ao Distrito de Água Fria, uma vez que a restrição total é aplicada justamente entre esses dois pontos. A PM também realiza ações em outros pontos da estrada.

“Quero parabenizar a atuação da Polícia Militar na fiscalização e cumprimento desta portaria. Essa é uma restrição que é aplicada a todos. Esperamos também a compreensão de toda a sociedade enquanto esta portaria estiver vigente”, afirma o secretário de Infraestrutura, Marcelo de Oliveira.

Caminhões com até 29 toneladas de PBT, 14 metros de extensão e 4 eixos podem seguir entre a Rotatória de Manso e o Terminal Turístico da Salgadeira e entre o Perímetro Urbano de Chapada dos Guimarães e a rotatória para Água Fria. Para isso, é necessário emitir a Autorização Especial de Trânsito (AET) no site da Sinfra-MT.

O trânsito é permitido do amanhecer ao pôr do sol, em dias úteis, não sendo permitido o tráfego de noite e nos fins de semana. Estes veículos são liberados para trafegar até o Terminal da Salgadeira, como forma de não prejudicar o comércio existente nos balneários localizados à beira da MT-251.

Decreto de Emergência

O Governo de Mato Grosso decretou situação de emergência entre os km 42 e 48 da MT-251, região do Portão do Inferno.

Com o decreto, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) fica autorizada a realizar as intervenções e obras necessárias de resposta ao desastre, incluindo a reabilitação estrutural da área atingida. Já a Defesa Civil de Mato Grosso prestará apoio técnico e operacional à Sinfra-MT.

O decreto leva em conta o relatório técnico de avaliação das encostas à margem da MT-251 e as conclusões de um parecer técnico realizado pela Superintendência de Proteção Civil.

Estudo encomendado pela Sinfra-MT mostrou a existência de 10 pontos críticos nas encostas à margem da estrada que liga Cuiabá e Chapada dos Guimarães. Destes, quatro são considerados de risco maior para integridade da rodovia.

A MT-251 é uma estrada-parque administrada pelo Governo de Mato Grosso. No entanto, todo o seu entorno faz parte do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, uma área federal.

 

Entre no grupo do Alô Chapada no WhatsApp e receba notícias em tempo real 

Volte para capa do Alô Chapada

Comente esta notícia